terça-feira, agosto 26, 2008

Sentido único

Gustav Klimt (detalhe de Water Serpents)



A tua boca existe dentro dos meus olhos.
A tua pele existe dentro do meu olfacto.
O teu cheiro existe dentro dos meus ouvidos.
A tua voz sabe-me a mim.



Carla de Elsinore

( encontrado no blogue Welcome to Elsinore , cuja suspensão espero seja breve.

.

11 Comments:

Blogger Maria said...

Nunca tinha pensado assim...
Lindo, lindo1

Obrigada!
Beijinho

3:59 da tarde  
Blogger Brancamar said...

Belíssimo poema!
A tradução completa do amor...!
Beijinhos

5:38 da tarde  
Blogger FERNANDA & POEMAS said...

Olá querida Ana, belíssimo poema...Adorei!
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

4:53 da manhã  
Blogger hfm said...

Sempre gostei muito do que ela escreve. Tb espero que Elsinore regresse.

8:43 da manhã  
Blogger ~pi said...

os mo se



~

11:31 da manhã  
Blogger Sophiamar said...

Que lindo, amiga! Como é bom passar por um blog onde se respira tranquilidade e beleza!
A poesia sempre um fascínio, um prazer imenso.
Deixo-te mil beijinhos, um abraço apertadinho e a minha eterna gratidão.

4:51 da tarde  
Blogger poetaeusou . . . said...

*
sentido unico, tu . . .
,
conchinhas
,
*

8:57 da tarde  
Blogger ailéh said...

gostei desta troca intensa de sentidos.

9:53 da tarde  
Blogger Violeta said...

Klimt e poesia, boa parelha...

10:47 da tarde  
Blogger em azul said...

Muito doce este saber.
Terno

Beijo

9:19 da manhã  
Blogger Fernando Rozano said...

sentido puro e pleno. belo, sempre. beijo, Ana.

11:33 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home