sábado, junho 02, 2007

Nada do que amo me dá o que quero



Nada do que amo me dá o que quero
por isso não amo
nem o amor
nem o sonho
nem a pintura
e os pintores
os heróis e o seu heroísmo,
nem estes meus poemas
copo de água fresca
que mais aumenta a sede.

Amo o que não amo
em todas estas coisas,
e indefinidamente
no fundo de tudo
amo a poesia e os poetas
que dão sempre mais
sempre muito mais
do que peço,
como tu,
mesmo eternamente ausente,
meu amor.


Imagem e poema de Cruzeiro Seixas


.

12 Comments:

Blogger bom dia isabel said...

Minha Querida Ana!

Também amo a poesia e amo os poetas. Mas amo a vida, amo as pessoas, amo a natureza, amo as estrelas e sonho, muito...muito...muito...

E a amizade que me traz à encosta para avistar o mar é um dos sentimentos sublimes da vida.
Adoro esta vista de mar, amiga.
Beijinhos

8:29 da tarde  
Blogger Daniel Aladiah said...

Querida Ana
Por experiência sei... nada do que amo me dá o que eu quero...
Um beijo
Daniel

4:31 da tarde  
Blogger Isabel José António said...

Cara Ana,

Sempre que "amamos" querendo algo em troca, não funciona e sentimo-nos ludibriados. Mas, se pusermos a nossa busca de FELICIDADE não em linha directa daquilo que obtemos, mas antes daquilo que DAMOS e da SATISFAÇÃO com que o fazemos, então começaremos a descobrir uma beleza nova em todas as coisas, uma outra afabilidade em todos os seres e uma grande serenidade...

Um beijinho,

Isabel

PS - Isto não é nenhuma crítica, apenas a partilha daquilo que com sofrimento fui descobrindo ao longo da vida.

7:23 da tarde  
Blogger sonhadora said...

O amor é bom.
O amor é excelente.
Beijinhos embrulhados em abraços

10:50 da tarde  
Blogger cm said...

...eternamente insatisfeitos é o motor da nossa pesquisa...ate á essência da procura...

10:56 da manhã  
Blogger hfm said...

Tocantemente belo!

12:59 da tarde  
Blogger A.S. said...

Querida Ana... amar o ausente, é talvez a mais sublime forma de amor!...



Um terno e doce beijo!

4:59 da tarde  
Blogger Zé Ninguém said...

Preferimos Esquerdalhas ou Faschizoides ?

Bata em Mao!

http://absolutamenteninguem.blogspot.com

9:52 da tarde  
Blogger Cristina said...

Olá Ana,

Quando amamos e somos amadas, queremos sempre mais, é o ser humano...

Uma boa semana para ti

beijinhu

12:54 da manhã  
Blogger Cris said...

O amor sabe tão bem, mas doi... nem q seja apenas por ser enorme!

um beijinho cheio de saudades

2:17 da manhã  
Blogger bom dia isabel said...

Está um dia de sol. Tu és um dos seus raios.
Aqueces a minha casa.
Beijinhos
Bom dia!

7:46 da manhã  
Blogger Kalinka said...

ANA
Logo cedo te visito.
Venho em busca de algo.
Preciso urgentemente de afecto,
sinto-me a desfalecer,
não sei onde me encostar,
um porto de abrigo,
um ombro amigo,
quem sabe, dar-te a mão...
sentir o toque, o calor
um brilho nos olhos,
quem me ajuda? Preciso.

Votos de Bom Feriado.
Beijitos com carinho.

9:04 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home