quarta-feira, abril 11, 2007

Não sei o que é o tempo...


.
Não sei o que é o tempo ou que vantagem
pode haver em suas exactas dimensões,
já que todo o tempo são apenas ilusões
que duram só enquanto dura esta viagem.
.
O tempo do relógio é uma miragem,
divide, não o tempo, mas as sensações.
As horas que indica são meras convenções
que não passam além de uma chantagem.
.
O tempo verdadeiro é aquele que eu vivo!
Não determinado por nenhum engenho.
Do meu tempo só eu disponho, só eu comando.
.
Apenas o final do meu tempo não consigo
decidir no tempo que ainda tenho.
Alguém determinará o dia , a hora... quando!
.
Albino Santos
.
(Do livro Passos, Traços e Laços)
.
Este poema foi-me deixado como comentário ao meu post anterior. Obrigada, Albino, meu amigo Poeta. Leio e partilho a beleza das tuas palavras, enquanto o tempo não me traz uma rua de sonhos.
Para ti, e para todos os que me visitaram durante a minha ausência, que a Primavera continue a florir num renascer de esperança.
.

11 Comments:

Blogger bom dia isabel said...

"já que todo o tempo são apenas ilusões
que duram só enquanto dura esta viagem."

E esta viagem passa tão rapidamente!

Façamos cada vez mais felizes, aqueles que nos rodeiam.
Desta encosta voltada para o mar, deixo-te beijos e um abraço apertadinho.

7:53 da manhã  
Blogger Guilherme F. said...

Regresso, depois da ausência, para visitar e deixar palavras, simples.
Gostei muito do que encontrei.
Parto, já com saudades… ;)
Bjs
Gui
Coisasdagaveta.blogs.sapo.pt

11:43 da manhã  
Blogger hfm said...

Obrigada por nos dares a conhecer tão belas palavras.

11:57 da manhã  
Blogger A.S. said...

Deixo-te a minha amizade e toda a gratidão na forma de um abraço!...

Um dia destes vamos encontrar-nos na Rua dos Sonhos!

Beijos...

12:39 da tarde  
Blogger Amaral said...

Espectacular momento de reflexao, que nos envolve profundamente na aureola daquilo que entendemos e sentimos...

6:08 da tarde  
Blogger douglas D. said...

desconheço o tempo
naquilo que ele rouba
aqui, dentro de mim...

2:44 da manhã  
Blogger MARIA VALADAS said...

O tempo dura enquanto a viajem for benéfica!
Quando o deixar de ser...perde-se nas cinzas da memória!

Beijinhos da

Maria

3:38 da manhã  
Blogger Kalinka said...

TEMPO...
tempo...
tempo...
tenho encontrado recentemente muitas poesias e pensamentos sobre o «tempo», pois é um bem indispensável cada vez mais; todos nos queixamos que o tempo voa, não conseguimos conciliar tudo nas 24h que o dia tem.
Mas, eu continuo a pensar que, quando se quer tudo se consegue!
E, eu vou conseguindo estar em contacto contigo, agora e sempre.
Beijos.

9:23 da manhã  
Blogger Daniel Aladiah said...

Querida Ana
É sabido que o "nosso amigo" escreve muito bem... para ti, um beijo
Daniel

5:11 da tarde  
Blogger Entre linhas said...

O tempo é uma conjugação de átomos,formado por partículas de sonhos transformados em realidade.

Bom fim de semana

Bjs Zita

7:47 da tarde  
Blogger MARIA VALADAS said...

Venho desejar.te um bom fim de semana...

beijinhos da

Maria

7:47 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home