terça-feira, fevereiro 07, 2006

Ninfa


Birch forest ( Gustav Klimt)



No bosque. Ninguém a viu.
Flor aberta, flor fechada.
Por que vibraram os deuses
sua beleza ignorada?

Por que passou pelo bosque
tão amável perfeição,
se pelo bosque passava
apenas a solidão?


Alberto de Lacerda

8 Comments:

Blogger charlie said...

A beleza no nosso interior é esse bosque. Muitas vezes ela existe só para nós.

9:09 da manhã  
Blogger hfm said...

A solidão passou pelo bosque e por tudo e todos que nele estão implicados.

10:37 da manhã  
Blogger AS said...

O sonho, a perfeição,
É ver a forma invisivel,
A beleza ignorada.
Mas sentir a solidão
Não a vendo, é bem possivel,
Apesar de disfarçada!...


Para ti com um beijo Ana

2:34 da tarde  
Blogger Amaral said...

A pergunta aplica-se a tudo na vida, não é?... Por vezes, não entendemos como uma coisa acontece num local sem "nenhuma importância", numa altura "descabida"… e com uma beleza deslumbrante e um significado grandioso…

3:01 da tarde  
Blogger lique said...

Quantas vezes a beleza está escondida... Mioto bom o conjunto do poema e da imagem.
Beijinhos, Ana

3:55 da tarde  
Blogger mauroPaz said...

Os deuses vibram a beleza ignorada
porquê no vazio-lotado bosque da cidade
SÓ beleza é o único quesito pra namorada.
Aplaudem a travessia da inidoneidade.

11:23 da tarde  
Anonymous el guardiam said...

ninfa esses teus encantos imaginários tão reais.

12:15 da tarde  
Blogger A .Carlos said...

Olá Ana,
A solidão que passou pelo bosque escondida, é a mesma solidão, que tantas vezes as pessoas escondem.
Por vezes é bela, outras é apenas...solidão.
Boa semana para ti.
Bjsss
≺ A New Day ≻

3:12 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home