domingo, março 28, 2010

Guiarás o Povo




O meu coração é um navio
que te procura nos sete mares,
que à flor das águas vai e vem
gritando, atirando o teu nome.

O meu coração é um navio
que te procura mas não te encontra.
A Oeste, a Leste, a Sul, ao Norte
retesa as velas , mas não te encontra.

Envelheceram já muitas palavras.
Porém nada perdido, que este verde
coração se arruma como louco
sobre as ondas, e procura e procura.




Fernando Assis Pacheco
(in Cuidar dos Vivos)

.

7 Comments:

Blogger Maria said...

E mesmo o que lhe resta: procurar.
A fotografia é linda!

Beijinho, Ana.

3:16 da manhã  
Blogger maria manuel said...

poema de uma busca eterna, de esperança.

beijo, Ana.

11:28 da manhã  
Blogger Baby said...

Coração que se mantém verde e navega pelos mares feito navio, nunca perderá o rumo!
Belo o poema, bela a escolha.
Beijos.

2:24 da tarde  
Blogger poetaeusou . . . said...

*
amiga
uma bela escolha !
,
Há dias em que a tua nudez
é como um barco subitamente entrado pela barra.
Como um temporal. Ou como
certas palavras não inventadas,
certas posições na guitarra
que o tocador não conhecia.
,
in-Fernando Assis Pacheco,
,
brisas serenas, ficam,
,
*

12:55 da tarde  
Blogger A.S. said...

Querida Ana...

Teu coração é um navio,
navegando louco sobre as ondas,
Mas continua ainda preso ao cais
de um tempo que esqueceu de acontecer...
Os relógios giram nos olhos da espera!


Um terno abraço!
AL

1:49 da tarde  
Blogger Chris said...

O coração é a bússola do navio a que chamamos vida...
Um beijo e uma excelente Páscoa
Chris

10:37 da tarde  
Blogger Vieira Calado said...

Amiga!

Venho desejar-lhe

uma

Boa Quadra Pascal.

Beijinho

1:04 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home