sexta-feira, junho 30, 2006

Basta falar do fogo...


Foto de Duke aqui


Basta falar do fogo como quem
com ele só se veste , só se abraça?
falar com a metáfora mais exacta
e não ardendo nele? não pensando

as chagas amoradas que no sangue
se movem em sigilo como a chama
(apelo, ardência de olhos em repouso)?
Sem dúvida que o fogo é já consumo,

conhecimento, sorte de afogado
consciente da água e da aventura
de tudo estar em causa, e da procura.

Que albergues fogo e água, no teu ventre,
e terra, ó elementos de revolta
transportadores de febre e de experiência.


Nuno Guimarães

9 Comments:

Blogger da. said...

...e há poemas que são expressão completa do que exprimem...basta falar do fogo..e ele aqui aparece...talvez o poema primancial seja fogo..como este...

12:12 da tarde  
Blogger DE PROPOSITO said...

E aqui andei 'espreitando'.
Que tudo vá bem.
Bjs.
Manuel

1:17 da tarde  
Blogger lique said...

E, falando de fogo, se faz um poema ardente.
Beijinhos

8:11 da tarde  
Blogger AS said...

O fogo exerce sobre nós um estranho fascínio Ana...
O poema é lindisimo!

Um beijo e bom fim de semana

11:49 da tarde  
Blogger Kalinka said...

OLÁ AMIGA
Finalmente consigo vir dar uma espreitadela, mesmo c/um olhinho meio fechado, mas Portugal está parado a ver o jogo e aproveitei esta calmaria na blogosfera para te vir visitar.
Falas do fogo e eu pertenço a um signo de Fogo.
E, o mabiente em campo está a ferver, pois Portugal já está no prolongamento do jogo...k nervos!
Beijokas e bom fim de semana.
Aguardo a tua visita.

6:27 da tarde  
Blogger Lmatta said...

Esta lindo o teu conjunto
gostei do poema
beijos

11:17 da manhã  
Blogger palavras que escrevo said...

doce Ana, o fogo fascina-me e este soneto é excelente,

Nuno Guimarães um poeta de Gaia que cedo nos deixou, ficou a sua bela poesia

obrigada por o trazeres até aqui

beijinhos para ti e o meu abraço

lena

9:29 da tarde  
Blogger Amaral said...

O fogo é paixão. A força da paixão confirma a energia de que é dotada...
Gostei da escolha e do poema.

3:53 da tarde  
Blogger joão marinheiro said...

Existe sempre o fogo na vida... Fogo da paixão que nos devora, o fogo do olhar enamorado...
beijo com mar e brisas.

11:47 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home