terça-feira, janeiro 13, 2009

Tanto mar




Atlântico até onde chega o olhar.
E o resto é lava
e flores.

Não há palavra com tanto mar
como a palavra
Açores.



Manuel Alegre



Presente que o Natal me trouxe. Obrigada, Alex. Tanto mar que nos separa, tanta ternura que nos une.


.

17 Comments:

Blogger Geraldo Brito / Dado said...

Parece ser bom esse livro...

1:31 da manhã  
Blogger Maripa said...

Vou oferecer-me este livro...

Amo os Açores e as palavras de Manuel Alegre.

Obrigada,Ana.

Beijo carinhoso.

1:55 da manhã  
Blogger Cata-Vento said...

Amiga Querida

Tanto mar que nos une que de tanto nunca será de mais. Esta amizade perdurará e esta nossa comum paixão seguir-nos-á para sempre.

" Quando morrer virei buscar os instantes que não vivi junto do mar"
Sophia de Mello B. Andresen

Bem-hajas, Aninhas!

Mil beijinhos

6:17 da manhã  
Blogger hfm said...

Tanto mar e que promessas!

9:51 da manhã  
Blogger De Amor e de Terra said...

Desde o tempo em que a palavra Liberdade era proíbida, que num acampamento nacional de montanheiros aprendi a gostar de Manuel Alegre.
E é claro, porque conheço a GOSTO MUITO da sua Poesia e ainda pela amostra, tem forçosamente que ser um BOM livro.
Obrigada Amiga pela partilha.
Beijos
Maria Mamede

8:07 da manhã  
Blogger De Amor e de Terra said...

Ana, voltei para te dizer Amiga, que para isso estou sempre pronta, de coração aberto, seja onde for e quando for, dependendo da agenda.
O tempo o dirá!
Beijos e obrigada, sempre.

Maria Mamede

8:27 da manhã  
Blogger Baby said...

Lindo, como toda a poesia de Manuel Alegre.

Um doce beijo.

2:31 da tarde  
Blogger Lmatta said...

esta lindo
beijos

11:00 da tarde  
Blogger Isabel José António said...

Cara Amiga Ana,

Venho retribuir a sua preciosa visita ao nosso "Observatório". Muito obrigado.

O seu post com aquela escolha daquele poema, está uma delícia.

Para mim o Manuel Alegre é o poeta dos afectos, dos sentimentos, dos estados de espíritos ocultos, tal como o mar também o é, tal é a sua plasticidade.

Parabéns pelo bom gosto.

Um abraço

José António

7:40 da manhã  
Blogger poetaeusou . . . said...

*
Contar-te longamente
as perigosas coisas do mar.
Contar-te o amor ardente
e as ilhas
que só há no verbo amar.
Contar-te longamente longamente.
,
in-manuel alegre,
,
*

2:39 da tarde  
Blogger Pico minha ilha said...

O mar, o meu que vivo rodeada dele e dos Açores por sinal, aí a minha montanha e as palavras de Manuel alegre.Beijinho Ana

5:14 da tarde  
Blogger Sonia Schmorantz said...

Não há palavra como o mar...não há profundidade e azul como o mar, a não ser quando também se conjuga amar!
Um abraço

4:04 da manhã  
Blogger maria m. said...

tão conciso e tão bonito.
um beijo, Ana.

9:01 da manhã  
Blogger Amaral said...

Até onde chega o olhar...
... e até onde podemos sentir tudo aquilo que o mar esconde...

5:26 da tarde  
Blogger Cata-Vento said...

Amiga tens um prémio de ouro no meu blogue. Trá-lo. É teu com muito gosto.

Beijinhos

Bem-Hajas!

6:27 da tarde  
Blogger Sonia Schmorantz said...

Façam tardes as manhãs
Façam artes os artistas
Faça parte da maçã
A condenação prevista
Façam chuvas os Xamãs
Façam danças as coristas
Façam votos que esta corda
Não sabote o equilibrista

Façam Beatles "For No One"
Faça o povo a justiça
Faça amor o tempo todo
Que amor não desperdiça
Faça votos pra alegria
Faça com que todo dia
Seja um dia de domingo

Façam tardes as manhãs
Façam artes os artistas
Faça parte da maçã
A condenação prevista

Façam Beatles "For No One"
Faça o povo a justiça
Faça amor o tempo todo
Que amor não desperdiça
Faça votos pra alegria
Faça com que todo dia
Seja um dia de domingo

(Osvaldo Montenegro)

Votos de um lindo final de semana
Um abraço

4:42 da manhã  
Blogger tulipa said...

TENHO ESTADO AUSENTE...
Os problemas com a m/sobrinha têm sido a causa do meu afastamento.
Ela tem estado muito mal, no início da semana teve uma paragem cardíaca e teve que ser operada, com apenas 26 anos!!!
Agora está um autêntico vegetal, ligada a tudo que é máquina...

Mas, hoje decidi visitar alguns dos blogues amigos e cá estou.

Aquando da minha viagem à Índia (estava lá há 2 meses atrás) houve tempo para aventuras, turismo e Solidariedade, como podes constactar no meu ultimo post.

Bom fim de semana.

NOTA: que belo presente do Alex para ti.

9:20 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home