sábado, agosto 29, 2009

Génese




Fotos tiradas na Praia do Tofo ( Moçambique)



Foi assim
Todo o mar que eu via
se precipitou logo no meu coração
que é de sal

E os peixes cristalizaram
com os olhos mortos
para as suas manhãs refractadas

Escutando bem
ouve-se como ao pé das estátuas
música de uma fanada melancolia



Sebastião Alba
(in A Noite Dividida)


.

19 Comments:

Blogger Maria said...

Perdia-me nesse mar, nessa areia, nesse azul fresco...
... cristalizava, como o peixe...

Beijo, Ana

6:21 da tarde  
Blogger Baby said...

Nestas fotos sobressai a pureza que habita nas coisas simples e um mar que se desfaz em ondas de beleza.

Um beijo.

6:50 da tarde  
Blogger ♥ ♥ Eu said...

Fotos lindíssimas e poema perfeito, parabéns pelo blog.

bjos e linda tarde de domingo!

4:37 da tarde  
Blogger O2 said...

:) È outro mundo mesmo... ainda bem que gostaste! As tuas fotos dizem tudo!

Beijo

8:16 da manhã  
Blogger maria m. said...

que fabulosas fotos! escuta-se o mar, a entrar em nós (como verseja S. Alba)...

fico contente por teres estado e gostado desses lugares, Ana :)
um beijo para ti.

11:01 da manhã  
Blogger anareis said...

Querido(a) novo(a) amigo(a),estou precisando muito da ajuda de todos os amigos. estou montando uma minibiblioteca comunitária pra crianças e adolescentes na minha comunidade carente aqui no Rio de Janeiro,se voce puder me ajudar estou fazendo uma campanha de doações. pode doar qualquer quantia no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3, ou pode doar livros ,ou pode doar máquina de costura, ou pode doar retalhos, ou pode doar computador usado. se quizer fazer aguma doação entre em contato com meu email: asilvareis10@gmail.com ,eu darei o endereço de remessa. se voce não puder me ajudar com doações pode divulgar minha campanha, tenho 2 blogs no google gostaria da sua visita: Eulucinha.blogspot.com ,obrigado pela sua atenção.

12:24 da tarde  
Blogger . Paulo . Intemporal . said...

. querida Ana ,,,

. as bel.íssimas fotos sugeriram-me também Cabo Verde, onde passo algum tempo dos meus dias .

. as palavras brilhantes na amplitude da esfera onde se espera o alvorecer .

. um beijo meu, de amizade, sempre.

6:40 da tarde  
Blogger Vieira Calado said...

O mar é um eterno inspirador dos poetas.

Talvez, porque, dizem,

nascemos do mar|

Bjs

8:21 da tarde  
Blogger Chris said...

Retalhos dum mar profundo, onde as palavras se encostam na subtileza desse azul.
Abraço
Chris

1:40 da manhã  
Blogger Beto Mathos said...

É lindo o seu espaço.
De uma sutileza que traz saudades do mar e chega doer por dentro.
Grande abraço!

3:25 da manhã  
Blogger Fernando Rozano said...

o mar...as suas gentes, os barcos, o sal, as águas...saudade daqui sempre. retorno para ficar,como pisciano que sou. beijo, Ana.

3:51 da tarde  
Anonymous NEMO said...

Passei por aqui - como gosto do mar, das brumas, das gaivotasa e da maresia - e gostei.
Hei-de voltar

5:26 da tarde  
Blogger Isamar said...

Fotos lindíssimas! O mar é irresistível, um apelo que mora dentro de nós.
Beijinhos

Bem-hajas!

4:08 da tarde  
Blogger Lmatta said...

lindo mar
um belo conjunto
beijos

5:38 da tarde  
Blogger Daniel Aladiah said...

Querida Ana
A génese parece que foi a luz e não a água, mas isso são pormenores sem poesia... :)
Um beijo
Daniel

2:35 da tarde  
Blogger tulipa said...

QUERIDA AMIGA

Sabes como me dói ver imagens da "minha TERRA" e não poder lá ir; as saudades apertam e já lá vão 33 anos que cá estou sem lá voltar, é uma eternidade.

Ainda bem para ti que pudeste lá estar, aproveita sempre Amiga esses belos momentos.

Beijinhos.

2:08 da manhã  
Blogger lupussignatus said...

o coração

dos

corais




*beijo*

5:22 da tarde  
Blogger poetaeusou . . . said...

*
tudo belo,
lindo, tudo, tudo,
,
o meu poema desliza
entre a avidez e o mar
cavalgando os olhares
nas belezas conjugadas,
o meu poema abarca
nas tenazes das marés
as lascívia dos impulsos
enrolando as maresias.
,
brisas serenas,
,
*

12:55 da tarde  
Blogger Spiritual said...

Escutando bem, tudo se ouve... mas para escutar bem é preciso que quem escuta e quem é escutado, estejam em silêncio... não do silêncio lá de fora, mas do silêncio lá de dentro...

8:11 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home