terça-feira, dezembro 27, 2011

A História dos Lírios do Campo

Foto de Kiti


           Olhai para os lírios do campo, como crescem. Não trabalham, nem fiam. Porém eu digo-vos que nem Salomão, em toda a sua glória, se chegou a vestir como um só deles se veste.


Histórias Escolhidas da Bíblia
por José Tolentino de Mendonça, ilustradas por Ilda David'


....................

Vou estar ausente, durante algum tempo, dentro de mim. A Encosta do Mar hibernará comigo, na esperança de que regressem os dias de Luz.
Obrigada a todos quantos me têm acompanhado. Que 2012 lhes traga tudo quanto desejam.
Até um dia.


18 Comments:

Blogger JotaCêEsse said...

Volte bem. Um belo 2012.

10:24 da manhã  
Blogger hfm said...

Para ti também um bom Ano e mais do que isso que a hibernação, como todas as hibernações tenha um fim - sentiria muita a falta desta encosta do mar até, porque aí nessa terrinha abençoada as arribas já cairam muito e há que as suster. Até breve, assim espero.

3:36 da tarde  
Blogger musicaquatica said...

Este comentário foi removido pelo autor.

9:30 da tarde  
Blogger musicaquatica said...

é com a tristeza de quem sente a partida e com a compreensão de quem percebe a necessidade de estar só dentro adentro em si, que faço votos para que os próximos tempos sejam tão generosos quanto as palavras sempre amigas da encosta... com elas aprendi que existe sempre um olhar atento, alguém que nos ouve e reconhece em palavras a tristeza, a alegria, o amor. mais do que fazer, ser - a encosta é poesia! poema que gostaria imensamente de ler e ler e ler... sem amanhã que o não trouxesse. aguardo expectante por novos poemas, cheios de amor, paz e claridade.

por favor, não tarde :)

um beijo,

isabel (PS: sabe onde encontrar-me... estou sempre disponível, a que horas for, no local das cores das árvores sem nome... regressei finalmente à base :))

9:31 da tarde  
Blogger musicaquatica said...

é com a tristeza de quem sente a partida e com a compreensão de quem percebe a necessidade de estar só dentro adentro em si, que faço votos para que os próximos tempos sejam tão generosos quanto as palavras sempre amigas da encosta... com elas aprendi que existe sempre um olhar atento, alguém que nos ouve e reconhece em palavras a tristeza, a alegria, o amor. mais do que fazer, ser - a encosta é poesia! poema que gostaria imensamente de ler e ler e ler... sem amanhã que o não trouxesse. aguardo expectante por novos poemas, cheios de amor, paz e claridade.

por favor, não tarde :)

um beijo,

isabel (PS: sabe onde encontrar-me... estou sempre disponível, a que horas for, no local das cores das árvores sem nome... regressei finalmente à base :))

9:31 da tarde  
Blogger Isamar said...

Que esse tempo de reflexão de que precisas seja curto mas reparador. Preciso de ti, precisamos de ti, querida amiga. Nunca te esquecerei nem à encosta de onde vejo o mar.

Desejo-te um Ano Novo à medida dos teus desejos.

Mil beijinhos

Bem-hajas!

9:05 da manhã  
Blogger Isabel José António said...

Que alegria vir de novo encontrar os nossos Amigos no etéreo espaço desta Internet que une gentes de todos os lugares!

Temos tido anos muito difíceis, mas hoje consegui actualizar os nossos quatro blogues principais. No Poesia Viva está um Poema lindo do José António, no Caminho do Coração estão os nossos votos de novo ano e no Observatório uma espécie de prece...
No Newsletter from Lisbon também há um novo post.

Abraços,

Isabel


We are back to blogging after a long absence. We take the opportunity to wish all of our friends a very Happy New Year with plenty of opportunities for Inner Growth and Happiness and always with the Light of true GOODNESS in our Hearts!

Isabel and José António

Lisbon 30th December 2011

4:43 da tarde  
Blogger tulipa said...

Chegámos ao último dia de 2011
Há quem diga que:
Um novo ano é sempre altura de balanço do que queremos e somos.
Pode ser...
Mas...
por mim vou esquecer a noite de 31 de Dezembro de 2011 - passagem para 1 de Janeiro de 2012

porque este ano 2011 foi o melhor dos últimos 6 anos da minha vida...

daí que eu vou fazer de conta que não há uma passagem,
mas sim que o ano de 2011 continua com 13, 14, 15 meses...
quero continuar a viver este sonho e ao mesmo tempo uma realidade que foi muito boa.

Para TI, que 2012 seja um ano de realizações e
de todos os sonhos concretizados...
de muita paz e amor.

Um beijinho com carinho

1:27 da manhã  
Blogger tulipa said...

VAIS VOLTAR

EU SEI...

Beijo meu

1:27 da manhã  
Blogger Daniel Aladiah said...

Querida Ana
Há razões para recolhimento... se essas forem mandatórias, há que respeitar.
Espero ver-te aqui em 2012, o ano que te vai trazer coisas boas!
Beijo
Daniel

6:49 da tarde  
Blogger Paulo Sempre said...

KALINKA, era o principio, uma espécie de verbo...Saudades...
"Meu lírio roxo do campo"..."criado da Primavera"....ainda se canta a Sul do Tejo, lá no Além Tejo...

Ainda assim, faço votos para que o ano de 2012 lhe traga tudo de bom.

Paulo

5:12 da tarde  
Blogger Baby said...

Se não vieres neste inverno, voltarás renascida, com a primavera.
Nós esperamos aqui, como quem espera o verde lavado pelas chuvas.
Beijos.

6:49 da tarde  
Blogger tulipa said...

ANO NOVO
BLOG NOVO

Pois é...
Ficaria feliz se descobrisses o meu novo blog;

Cada dia que passa, encontro mais pessoas a despedir-se dos blogues;

Fico triste!
SIM
não espero encontrar palavras de despedida,
quando eu inicio um novo ciclo num novo espaço...

No novo espaço existe uma promessa feita de mim para mim, ninguém sabe, mas o pensamento positivo irá prevalecer, se Deus me ajudar como ajudou em 2011.

Alguém me visitou e deixou estas palavras:
sabes...?
adorei esta frase...
"a inteligência é o farol que nos guia...".
abriu o sinal "verde" ao meu pensar...

A minha resposta é:
Então
se abriu o sinal "Verde"
usem-no para tudo na Vida
é assim que eu vivo os meus dias
depois de ter
"apanhado" 2 sinais "vermelhos"
em 2006 e 2008.

Tu sabes Amiga como é verdade!!!
Apanhaste-me nesse período muito conturbado da minha vida...

MAS
eu renasci para a vida e agora o meu sinal é sempre o "VERDE"!!!

O que se passa?
Porquê desistir?

Tenho tentado passar aos outros a minha força para que continuem, aqui é o "nosso lugar". De outra forma como nos reencontraremos?

é verdade:
A disponibilidade é cada vez menor

MAS...dizer que não se sente confortável por não poder corresponder a todos....isso não, porque os verdadeiros Amigos entendem que haverá épocas mais fáceis do que outras nas nossas vidas.

Eu quero estar sentada nesta "Plateia" na primeira fila e quero continuar neste PALCO DA VIDA

Beijos e abraços da Tulipa

1:30 da tarde  
Blogger tulipa said...

Amiga

voltei
ando à tua procura!!!
...
num dos meus últimos posts do NOVO BLOG fiz um artigo em que a poesia fala da ALMA portuguesa?

Alguém escreveu:
Se a encontrares...dizes-me?

A minha resposta é:
...OH
quantas "almas portuguesas"
andam por aí,
nos nossos caminhos,
cruzando-se connosco!!!
Só que a "alma" não se vê na cara;

Nós ajudamos a dar cor à nossa Alma, e eu sei o que digo;
não sou nenhum expert,
mas...bem me lembro quando a minha alma tinha a cor negra,
eu andava sempre doente fisicamente...tu sabes disso!
...
Eu ia todos os meses ao médico com problemas da garganta...e, agora?
...vejo os outros engripados,
vejo outros doentes
mês sim, mês não...
Por isso, posso dizer, que por experiência própria,
nós ajudamos a dar cor à nossa Alma.

Este ano de 2012 desejo que a tua vida seja sempre colorida, para dar um pouco mais de cor à tua Alma.

Beijos

9:04 da tarde  
Blogger Baby said...

Até quando, Ana?

Sentimos a tua falta.

Beijos.

2:30 da tarde  
Blogger poetaeusou . . . said...

*
recordei,
Érico Verissimo,
no seu livro,
Olhai os Lirios do Campo !
,
conchinhas, deixo,
,
*

4:31 da tarde  
Blogger BRANCAMAR said...

Espero que 2012 esteja a ser para ti um tempo de paz e reflexão.
Vim matar saudades e espero por ti.

Beijos
Branca

11:39 da tarde  
Blogger Verânia Aguiar said...

^^
que bom ver por aqui essa citação bíblica do evangelho de Lucas 12:27,28 ou Mateus 6:28-30

Mat 6:33
“Persisti, pois, em buscar primeiro o reino e a Sua justiça, e todas estas [outras] coisas vos serão acrescentadas."

4:20 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home