quinta-feira, julho 21, 2005

S/T


Sidewalk Cafe, Boulevard Diderot
Foto de Henri Cartier Bresson



fico admirado quando alguém , por acaso e quase sempre
sem motivo, me diz que não sabe o que é o amor.
eu sei exactamente o que é o amor. O amor é saber
que existe uma parte de nós que deixou de nos pertencer.
o amor é saber que vamos perdoar tudo a essa parte
de nós que não é nossa. o amor é sermos fracos.
o amor é ter medo e querer morrer.



José Luís Peixoto

11 Comments:

Blogger Vênus said...

"estou morrendo de amores"
Não existe momento mais belo que este! Adorei a foto!
Beijos de boa noite!

2:12 da manhã  
Blogger Dilbert said...

Oi Ana :)
Uma explêndida selecção de texto e ilustração... tu tratas-nos com mimos... obrigado... mas olha que depois nós habituamo-nos... e os hábitos entranham-se, acabar com eles depois é complicado...
Em relação ao texto de José Luís Peixoto, já senti tudo isso logo, amei... quando já não sentimos apercebemo-nos da irracionalidade do nosso comportamento de quando amámos... tenho mesmo muitas saudades de ser irracional...
Um bom dia para ti, beijokas e até já...

9:09 da manhã  
Blogger AS said...

Ana... o amor é tudo isso e muito mais!...

Um beijo

10:38 da manhã  
Blogger TMara said...

visto com este olhar digo: falta-lhe qq coisa. É um olhar pela negativa do k o amor é e nos traz...Bjs e:)

11:29 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Gostei imenso do teu blog :)))

um super beijaoooo para ti e que tenhas um optimo resto de semana :))) ************

beijao
iris
www.allanysworld.weblogger.com.br

12:45 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

...esta imagem é fabulosa,bolas eu era menina para uma destas,claro que sim,amor sem salpicos de cor,assim,ou doutras,ah!...não...imagino!
lua

3:16 da tarde  
Blogger Orfeu said...

Maravilhoso...nas minhas Ruas procuro definição de Paixão. Chego aqui hoje e deparo-me com a definição de Amor mais completa que conheço. Lindo, muito belo.
Um beijo.

"Amor é...Amar e deixar Amar alguém que para nós é simplesmente tudo" D´Angelo

9:27 da tarde  
Blogger vulnerable said...

Amar é tudo e nada... da serenidade à loucura... é grito de Felicidade........................

Beijo

9:35 da tarde  
Blogger sotavento said...

E, às vezes, morrer mesmo!...
(Gosto de José Luís Peixoto)
:)

10:05 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Segues com ótimas escolhas, tanto de imagens quanto de palavras. Deixo-te um beijo.
Pedro Camargos

10:47 da tarde  
Blogger Duarte Temtem said...

"O amor é saber
que existe uma parte de nós que deixou de nos pertencer."
Como pode ser bela a simplicidade...
Bjs **

11:51 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home