terça-feira, setembro 06, 2005

Em seu lugar


Foto de Rui Gama aqui


Raio de sol entre dois límpidos diamantes
E a lua a se fundir nos trigais obstinados

Uma imóvel mulher tomou lugar na terra
No calor ela se ilumina lentamente
Profundamente como um broto e como um uni fruto

Nele a noite floresce o dia amadurece.


Paul Éluard
(tradução de Manuel Bandeira)

17 Comments:

Blogger TMara said...

soube bem revisitar éluard. Bjs e ;)

9:54 da manhã  
Blogger romero said...

"Pensó una vez más sobre la noche, sobre el secreto de los epitafios; ... Tal vez
se había dormido y quiso guarecerse de los últimos rayos de sol.."(antónio machado)
Guste mucho :)

10:12 da manhã  
Blogger Vênus said...

Olá Ana,

Perfeita harmonia entre imagem e poema...Belíssimos!
Beijos!

4:42 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Novos destaques imagens intensas, vale a pena sentir, as aventuras e
imagens. O meu nome é Patricia, sou de São Pedro do Sul e
engª florestal, o curso em Bragança.

Não deixem de visitar. Uma supresa. Muitas novidades....... Demetal
Correspondência, fotos.

Basta clicar aqui:
http://sanpeterofsouth.blogspot.com/
http://ultimatefuck.webcindario.com/

Endereço completamente seguro

Jokas

5:47 da tarde  
Blogger AS said...

"Nele a noite floresce o dia amadurece". Lindo!
Ana, não é por acaso que a Terra é feminina!...

Um beijo

7:45 da tarde  
Blogger in_finito said...

É bom lembrar Paul Éluard. Conseguiste um harmonioso conjunto com a foto. Muito belo.

8:04 da tarde  
Blogger Heloisa B.P said...

Beijinho, MINHA AMIGA!
Beijinho!
Heloisa.
************

9:35 da tarde  
Blogger Cristina said...

Olá Ana,
Muito lindo
:)
beijinhu e obrigada pelas tuas visitas queridas
:)

12:14 da manhã  
Blogger Kalinka said...

ANA:


Parabéns pela belíssima escolha, a imagem não podia ser mais bonita, enquadrada nas ramagens. É bem verdade, a noite floresce e o dia amadurece.
Quanto não vale esperarmos horas para podermos assistir ao vivo a uma imagem destas, imperdível.

beijokinha grande cheia de carinho.

12:45 da manhã  
Blogger Duarte Temtem said...

Olá Ana

Passo para te deixar um beijinho :)

Duarte

6:44 da tarde  
Blogger Dizzie said...

Precioso demas, Ana, :)

6:47 da tarde  
Blogger Quem sabe... said...

-Quando se cruzam ...a noite e o dia, o amadurecimento e o rejuvenescimento...lindo demais...

bjs :)

12:59 da manhã  
Blogger hfm said...

Belo post.

10:58 da manhã  
Blogger TMara said...

URGENTE: p.f. passa lá por casa, há uma petição reclamando por assinaturas. Bjs e ;)

12:23 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

linda imagem lindo poema o autor é brasileiro não é?
http://amcosta.blogs.sapo.pt

1:00 da tarde  
Blogger TMara said...

ANA, quero enviar-te novo link da petição, mas não sei o teu email, nem se encontra por aqui.Manda-mo, p.f p/«Tostimara@gmail.com» Bj

9:36 da tarde  
Blogger Cerejinha said...

Bolas, nem sei porque levo tanto tempo sem vir aqui...cada vez que volto arrependo-me pela ausência prolongada.

Coincidência das conicidências, também ando a Ler Paul Éluard, poeta que não conhecia e me despertou a atenção há umas semanas atrás. Mais vale tarde do que nunca...

:-)

1:21 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home