terça-feira, agosto 30, 2005

Não te quero senão porque te quero


Foto de Pedro Nogueira aqui



Não te quero senão porque te quero,
e de querer-te a não te querer chego,
e de esperar-te quando não te espero,
passa o meu coração do frio ao fogo.
Quero-te só porque a ti te quero.
Odeio-te sem fim e odiando te rogo,
e a medida do meu amor viajante,
é não te ver e amar-te
como um cego.

Talvez consumirá a luz de Janeiro,
seu raio cruel meu coração inteiro,
roubando-me a chave do sossego,
nesta história só eu me morro,
e morrerei de amor porque te quero,
porque te quero, amor,
a sangue e fogo.


Pablo Neruda

9 Comments:

Blogger romero said...

Los que prefieren la sensatez y huyen de la locura son incapaces de sentir el amor verdadero.
Maravilloso ese poema de Neruda:)
Besito

10:40 da manhã  
Blogger hfm said...

Pena não ter aqui um belo livro com alguns poemas de Pablo Neruda para te enviar uma das aguarelas que o ilustram. Gosto tanto dele!

1:32 da tarde  
Blogger AS said...

Um maravilhoso jogo de palavras com o talento de Neruda!...

Um beijo Ana

1:41 da tarde  
Blogger jacky said...

Muito ao estilo de amor é um fogo que arde sem se ver...
Ai as contradições do amor...

2:19 da tarde  
Blogger Quem sabe... said...

"Quero-te só porque a ti te quero.
Odeio-te sem fim e odiando te rogo,
e a medida do meu amor viajante,
é não te ver e amar-te
como um cego."

A dualidade de quem tanto ama...
Adorei, pois o ser humano é mesmo assim, só há que o compreender.
:)

2:57 da tarde  
Blogger Dizzie said...

-Creo que es necesario un poco de eso....de salir de lo que es "normal"...que juego de palavras, que dicen tanto de lo que pasa en nuestras mientes, no?!

:)

3:44 da tarde  
Blogger concha said...

Gosto tanto deste poema!!!
Beijinhos para ti!

6:49 da tarde  
Blogger Kalinka said...

Querida ANA:
Precisamente num dia tão trágico para mim, vim aqui «receber um pouco de alento» pois sinto-me bem na tua encosta.
Logo hoje haverias de escolher Pablo Neruda que adoro.
Coincidências???
Não sei, cada dia é mais difícil acreditar em qualquer coisa, pois a realidade é muito cruel.
Um grande beijo de carinho e gratidão pelo bem que fazes ao meu coração.

12:08 da manhã  
Blogger Heloisa B.P said...

"Sangue e Fogo"!!!!!!!
*********************
SEM PALAVRAS!!!!!
Esse Vermelho, essa Beleza sempre "Eterna"... me emudece e estrangula! E... o POEMA "me doi"!!!!!!!!
--------------Beijinho, Minha Doce Amiga de gosto requintado e coracao de SEDA E OURO!!!!!!!!
Sua, Heloisa.
******************

11:23 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home