terça-feira, dezembro 06, 2005

Quente, o teu coração quente


Foto de Luis Miguel Afonso aqui



Quente, o teu coração quente
pulsa no lusco-fusco.
Palpita em toda a casa
deserta que nos vê.
Galga as sacadas altas,
corre nas avenidas.
É o silêncio do amor
que abre as veias na tarde...

Quente, o teu coração quente,
é uma estrela no escuro
que a pele das tuas mãos
prolonga em minha pele...
quem te amou e é já morto
renova a primavera.

Oh! doce comunhão
de desejo e infinito,
de saudades e de céu,
de paraíso e grito!

Água clara e tremente
a boca, a sede, a fonte.
Flor de sangue à corrente
o teu coração quente.


Natércia Freire

15 Comments:

Blogger Achador said...

Bela forma de comemorar o renascimento do blospot...bela escolha, como sempre. como sempre.
João

9:58 da manhã  
Blogger lique said...

Conheço muito pouco Natércia Freire. Adorei o poema.
Beijinhos, Ana.

10:19 da manhã  
Blogger Eremita Baptista said...

embora goste espero ler mais a autora do blog...bjs

10:59 da manhã  
Blogger AS said...

Natércia Freire tem poemas lindisimos. Este é um deles!

Um beijo para ti Ana

2:22 da tarde  
Blogger TMara said...

obrigada por este belo poema. Bjs de luz e paz

7:22 da tarde  
Blogger jacky said...

Enviei-te um convite :)
Gostava muito que aceitasses!
Beijinhos

9:14 da tarde  
Blogger Daniel Aladiah said...

Querida Ana
Que o teu coração seja sempre quente e polvilhado de poesia.
Um beijo
Daniel

9:28 da tarde  
Blogger Su said...

belo poema

"Oh! doce comunhão/de desejo e infinito,/de saudades e de céu,/de paraíso e grito!"

gosteii de ler
jocas maradas

9:37 da tarde  
Anonymous nina said...

Belo este poema da Natercia

beijinho

10:00 da tarde  
Blogger Isa said...

Que lindo... é intenso... transmite muito sentimento..
Beijocas

7:48 da tarde  
Blogger Fernando Rozano said...

Escuto Madredeus, leio Natércia, mergulho em cada verso e cada vez fico deslumbrado com o que ofereces a quem aqui chega. Beijos, Ana.

9:12 da manhã  
Blogger TMara said...

e não há frio k arrefeç ESTE CALOR. bom feriado. Bjs de luz e paz :)

10:12 da manhã  
Blogger maat said...

gosto de Natércia Freire.
bela escolha.
Beijinhos,

***

10:27 da manhã  
Blogger Duarte Temtem said...

Que bom encontrar aqui Natércia Freire!
Comprei a sua antologia há não muito tempo :)

Bja Ana

7:19 da tarde  
Anonymous Jó Afonso said...

LINDO!!!!!!!!!!!!!!
Adorei!

1:24 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home