sexta-feira, abril 28, 2006

Sahara






Acordo para um dia diferente.
Vou buscar-te. Seguro a tua mão e trago-te.
Atravessando a imensidão do deserto, iremos em busca de oásis que só nós conhecemos... do doce sabor das tâmaras.
.

16 Comments:

Blogger AS said...

Um dia diferente sem dúvida! E tantas vezes precisamos de um oásis e do sabor doce das tâmaras!...

Um beijo Ana...

3:57 da tarde  
Blogger lique said...

E como é bom encontrar esse oásis! Um espaço de renovação de vida.
Beijinhos, Ana

7:44 da tarde  
Anonymous Tó Luis said...

Olá Ana...
A imaginação e a vontade têm em comun algo que pode mover um pensamento...simples mas profundo...esta tua focagem
beijinho...fica bem

10:36 da tarde  
Blogger Daniel Aladiah said...

Querida Ana
E como é bom que nos levem pela mão a conhecer um oásis, que nos alimenta o coração...
Um beijo
Daniel

5:14 da tarde  
Blogger heloisa said...

SOMBRAS!
DESERTOS!
SOIS E TEMPESTADES!!!!
E SOMBRAS...
MAS, TAMBEM HA' *MAOS*!...E, ELAS PODEM SER TERNURA E DADIVA..e, podem abrir as "cortinas" para entrar o SOL e dissipar as SOMBRAS!
..........................*QUE VOLTE BEM< ALEGRE E DE OLHOS LIMPIDOS (sem sombra de "SOMBRAS"!)!....
BEIJINHO
(de mais saudade, ja'!...)
Heloisa.
************

8:56 da tarde  
Blogger Joao said...

Espero que encontres cada oásis que desejares, com esse doce sabor das tâmaras :)

Um beijinho

7:48 da tarde  
Blogger Fernando Rozano said...

As tãmaras, doces e suaves, e no oásis, a água renova a vida. texto forte, denso e sensível. Beijos.

11:44 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Caminho contraposto ao sol
branca é a sombra.

Caminho e as areias tornam-se mais frias que os corpos raros - De dia. à noite não!

São inertes os grãos removidos pelo passar do vento, das sombras, do vento, da raridade das almas... Ou serão os camelos?

Vire-se a ampulheta de areia - pois claro!
Viva-se descansadamente descancando o sabor do fruto:

Serão as cores?
Também gosto


Beijinhos Ana

12:53 da manhã  
Blogger Amaral said...

Um cheiro doce a poesia, um sonho tornado realidade num imenso oásis de felicidade…

9:35 da tarde  
Blogger hfm said...

Belo!

12:03 da tarde  
Anonymous cidadão comum said...

e nesse oásis estará a paz final?

(novo espaço do autor do V Império Digital)

2:36 da tarde  
Blogger Kalinka said...

ANA
Nem sei que te diga, tocaste-me num ponto fraco. Esta imagem para mim é muito importante, pois faz-me lembrar uma bela viagem que fiz à Tunísia, andei pelo deserto, encontrei oásis à minha volta, que bem que me fez...
E, relembraste-me o doce sabor das tâmaras, nunca vi tanta tâmara na minha vida, eram quilómetros de plantação.
Comi tâmaras e trouxe na minha boca esse doce sabor para sempre comigo.
Posso dizer o mesmo que tu:
Acordei para um dia diferente.

Beijokas de saudades.

2:00 da manhã  
Blogger Miguel Girassol said...

gostei.e adoro tamaras.

12:32 da tarde  
Blogger Heloisa B.P said...

ANA*,
ABRACO!
ABRACOO!!!
E...MAIS!!!!!!!
Agora, preciso de UMA ONDA ENORME DESSE MAR_TAO GRANDE, QUE CHEGUE AQUI!!
Heloisa.
**********

12:08 da manhã  
Blogger Kalinka said...

Olá Amiga Ana
Passei por cá para te dar um beijinho, já com saudades.
Quando apareces?
Aguardo uma visita tua.
Beijokas.

2:07 da manhã  
Blogger Heloisa B.P said...

AMIGUINHA*,
Passo so' para Lhe deixar um SORRISO e, uns raiozitos de SOL*, que hoje se mostram exuberantemente, por AQUI!!
Mas, aguardo (ansiosamente)AS ONDAS, vindas desse MAR_AZUL E VERDE_(O SEU! O NOSSO!)!...
sua AMIGA*,
Heloisa.
**********

1:22 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home