domingo, dezembro 16, 2007

nem sempre as palavras chegam



encosto o ouvido
às páginas do livro que nunca escreveste
e sei que és um búzio
ao
anoitecer

mando-te mil recados pelas lâminas do vento
da tua boca brota uma fonte
digo amo-te e às vezes a memória
é onde os pássaros não voam

nem sempre as palavras chegam
para levar as estrelas aos teus olhos

nem eu sei dizer o teu nome



Poema e pintura de Maria Azenha
(retirados do blog Arde o azul )

.

16 Comments:

Blogger Maria said...

É lindíssimo este poema, Ana.
..."ei que és um búzio ao anoitecer"... é lindo...
Obrigada.

Beijos

12:19 da manhã  
Blogger Sophiamar said...

Este poema é lindíssimo.O búzio, o mar, a noite e a poesia, amiga, que tão bem sabes escolher. Sempre bela.

Mil beijinhos

12:26 da manhã  
Blogger Brancamar said...

Lindo Ana!
Poemas sobre o mar são sempre bonitos.
Quando apareceste no meu espaço estava a fazer a blogagem sobre a Flávia.
Obrigada pela tua presença.
Deixo-te votos de Bom Natal
Um beijinho

12:59 da manhã  
Blogger FERNANDA & POEMAS said...

Olá Ana, minha querida, belas palavras neste ínicio de semana.
Muitos beijinhos.
Fernandinha

1:41 da manhã  
Blogger hfm said...

Muito belos como a Maria.

10:00 da manhã  
Blogger maria m. said...

poema belíssimo!

12:25 da tarde  
Blogger un dress said...

búzio no peito

a ouvir

o ~

mar

12:26 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Est(r)elar...

Lupussignatus

1:31 da tarde  
Blogger Putty Cat said...

Agora podes encontrar-me aqui:

http://oladobdalua.blogspot.com/

Beijo

5:35 da tarde  
Blogger O'Sanji said...

De volta, se bem que não totalmente renovada, aqui te deixo um beijo.

12:06 da manhã  
Blogger Fernando Rozano said...

o mar, as palavras,...poema em que me identifico plenamente. belo, rico e profundo. Beijo, Ana, e o meu desejo de Feliz Natal e feliz todos os dias sempre.

11:39 da manhã  
Blogger Amaral said...

Bonito poema, com um "ar" doce e suave!
Onde não chegam as palavras, chega o som que nos conforta!...

11:52 da manhã  
Blogger poetaeusou . . . said...

*
buzio, sonante,
amante,
do mar,
*
conchinhas
*

1:43 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Ana , a sua generosidade é imensa.
Grata.
Obrigada a todos os seres maravilhosos que visitam a sua casa da Alma.

Um beijo,

***maat

8:53 da tarde  
Blogger LOURO said...

Olá Ana, Lindos os teus poemas.
Indicaram-me o teu blogue e de facto é lindíssimo!!!
Beijinhos,
Lourenço

11:21 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Good fill someone in on and this enter helped me alot in my college assignement. Gratefulness you on your information.

1:42 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home