quinta-feira, dezembro 03, 2009

Não há mais sublime sedução

Foto de Sistermoon




Não há mais sublime sedução do que saber esperar por alguém.
Compor o corpo, os objectos em sua função, sejam eles
A boca, os olhos , ou os lábios. Treinar-se a respirar
Florescentemente. Sorrir pelo ângulo da malícia.
Aspergir de solução libidinal os corredores e a porta,
Velar as janelas com um suspiro próprio. Conceder
Às cortinas o dom de sombrear. Pegar então num
Objecto contundente e amaciá-lo com a cor. Rasgar
Num livro uma página estrategicamente aberta.
Entregar-se a espaços vacilantes. Ficar na dureza
Firme. Conter. Arrancar ao meu sexo de ler a palavra
Que te quer. Soprá-la para dentro de ti __________
____________ até que a dor alegre recomece.






Maria Gabriela Llansol
(in O começo de um livro é precioso )


.

10 Comments:

Blogger Maria said...

..."Arrancar ao meu sexo de ler a palavra
Que te quer. Soprá-la para dentro de ti"...

Soberbo!!!

Llansol é superior...

Beijinho, Ana

1:36 da manhã  
Blogger poetaeusou . . . said...

*
ou não fosse a sedução
o salto no escuro,
a atracção do vazio . . .
,
maliciosas conchinhas,
envoltas em amizade, deixo,
,
*

2:51 da tarde  
Blogger Heloisa said...

LINDOOOOOOO!!!!!!
SEDUTIVO!!!!!!!
**********
ABRACOS MINHA QUERIDA AMIGA!

Heloisa

7:57 da tarde  
Blogger APC said...

eu diria que nenhum outro "jogo" é mais interessante, pois não, Ana?
porém, tantas vezes queimamos as asas...
Um beijinho, amiga

8:13 da tarde  
Anonymous A Magia da Noite said...

criar, desenhar, esculpir em todas as dimensões o prazer do outro é sublimar os estados d'alma.

9:36 da manhã  
Blogger . intemporal . said...

. de Maria Gabriela Llansol a preciosidade é um momento . intemporal .

. 100 palavras .

. beijos mil e um bom fim de semana .

. sempre,,, .



. paulo .

12:30 da tarde  
Blogger Vieira Calado said...

Claro que sim.

A sua escolha foi preciosa.

Obrigado.

Bom fim de semana.

2:09 da manhã  
Blogger A.S. said...

Querida Ana!

A sensualidade do poema escorre das palavras deliciosamente envolvente...


Doce beijo...
AL

9:49 da tarde  
Blogger tulipa said...

Que belo poema!!! Divinal.
Parabéns pela escolha.

Já alguma vez abriste janelas, para ouvir estrelas? Vou começar a pensar nisso quando chegar a Primavera; gostaria de conversar com elas a noite toda!!!
Bem preciso!!!

Estou a passar um "mau período" na minha vida, daí as minhas ausências...
beijinhos.

12:18 da manhã  
Blogger Isamar said...

"Não há mais sublime sedução do que saber esperar por alguém."

Às vezes é difícil a espera mas vale sempre a pena.

Beijinhos

Bem-hajas!

3:13 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home