quinta-feira, agosto 19, 2010

No interior luminoso

Foto de Gaylen Morgan
.
.
.
No interior luminoso
do último sonho,
.
dei contigo a sonhar;
.
confiante
e a respirar para o lado
.
mais íntimo do coração.
.
.
.
J. Alberto de Oliveira
(poema encontrado aqui)
.

8 Comments:

Blogger Maria said...

Não conhecia nem o poema nem o poeta...
Obrigada, Ana.

Beijinho, com saudades.

1:19 da manhã  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Descrição sublime!
a simplicidade com seu encantamento

8:34 da manhã  
Blogger AC said...

Belo!

Beijo :)

3:13 da tarde  
Blogger Iris_Esfenoidal said...

"a conjura da sensibilidade e do pensamento, por vezes, faz de mim um clandestino que não sabe onde está"

ante palavras como estas, palavras para quê? (passo o pleonasmo)

beijo e obrigada,

isabel :)

5:37 da tarde  
Blogger meus instantes e momentos said...

bonito post.
Maurizio

9:20 da manhã  
Blogger poetaeusou . . . said...

*
Amiga,
o esquerdino brilho,
iluminou o meu sonho !
,
serenas brisas,
deixo,
,
*

5:33 da tarde  
Blogger Graça said...

Não conhecia o autor, mas já fui espreitar :). Obrigada, Ana, pela partilha. Vir aqui é sempre um prazer.

Beijo e boa semana.

8:47 da tarde  
Blogger Vieira Calado said...

Saudações poéticas!

Beijocas

11:55 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home