segunda-feira, agosto 02, 2010

Pára-me de repente o pensamento


Foto de Milan Malovrh
.
.
.
Pára-me de repente o pensamento
Como que de repente refreado
Na doida correria em que levado
Ia em busca da paz do esquecimento.
.
Pára surpreso, escrutador, atento,
Como pára um cavalo alucinado
Ante um abismo súbito rasgado.
Pára e fica, e demora-se um momento.
.
Pára e fica, na doida correria.
Pára à beira do abismo, se demora.
E mergulha na noite escura e fria
.
Um olhar de aço, que essa noite explora.
Mas a espora da dor seu flanco estria,
E ele galga e prossegue sob a espora ...
.
.
.
Ângelo de Lima
.

12 Comments:

Blogger Fernando Rozano said...

momentos como esse, em que me entranho na poesia que aqui encontro, faz com que a saudade que tenho da escrita retorne com intensa força. obrigado, por sempre, e um beijo de feliz semana Ana.

9:22 da tarde  
Blogger hfm said...

Para-me a certeza de que há coisas que valem a pena - a poesia é uma delas. Um beijo.

10:02 da manhã  
Blogger Chris said...

É preciso parar a pensamento para a poesia acontecer...
Um beijo
Chris

11:52 da tarde  
Blogger poetaeusou . . . said...

*
Ana
um belo soneto,
uma boa opção !
,
cavalgando sem esporas.
alucinando o tempo !
,
estimadas conchinhas, deixo,
,
*

10:40 da manhã  
Blogger Vieira Calado said...

Um soneto!

Como deve ser!

Saudações poéticas

2:07 da manhã  
Blogger Multiolhares said...

No galopar da vida há momentos em que o pensamento para sentindo o vento nas crinas do tempo
Bj

3:15 da tarde  
Anonymous iris_esfenoidal said...

a galope das palavras,

um beijo de obrigada pela sempre bela partilha!

Isabel

7:31 da manhã  
Blogger Daniel Aladiah said...

Querida Ana
Como um cavalo à solta na pradaria, crinas ao vento e fogo no coração.
Um beijo
Daniel

10:40 da tarde  
Blogger Rosa Brava said...

É preciso parar e olhar em volta...
É preciso Amar o Universo...
Bjo

9:33 da manhã  
Blogger AC said...

Penetrante, semeando o desassossego...

Beijo

1:24 da tarde  
Blogger A.S. said...

Querida Ana...

Belo este soneto! Um galope poético de palavras...

BeijOOO
AL

3:33 da tarde  
Blogger Lmatta said...

lindo lindo
beijos

4:39 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home