sábado, janeiro 22, 2011

Um beijo dado mais tarde

Foto de Fancsi


A vela tem um arco de violino perfeitamente definido, e acompanha a tarde dada a ler, e o esforço de ler;
a vela tem uma presença humana ainda por definir, e acompanha o prazer de dar a ler, e o esforço de ler; não é só a parte superior da imagem _______________ é toda a imagem desde a raiz; que ela seja ________ a vela, o que ela seja ou pensa para mim na auréola da sua memória que corresponde à auréola deste lugar _________ é a minha emoção de hoje."
.
Maria Gabriela Llansol
(in Um beijo dado mais tarde)
.

15 Comments:

Blogger hfm said...

Sempre. Como só ela sabia escrever.

4:44 da tarde  
Blogger Cata- Vento said...

Já fiz um post sobre Gabriela Llansol e guardo religiosamente um JL em que ela foi a cara da 1ª página.

Bem-hajas, por tê-la recordado aqui.

É fantástica esta encosta.

Beijinhos

6:58 da tarde  
Blogger BRANCAMAR said...

Texto lindíssimo e imagem tão suave, que convidam ambos à serenidade e à leitura.

Sempre tão bom passar por aqui.
Beijos
Branca

7:17 da tarde  
Anonymous iris_esfenoidal said...

há coisas que se não dizem mas sentem.

há prazeres que, não sendo o presente, se constatam nas reminiscências de nós.

há sentires que se não apagam da memória.

escritas e escritores que permanecem nos lugares múltiplos por que passamos (passaram ?).

talvez a auréola seja a escrita.

escrita essa que uma vez mais, aqui, nos proporciona.

obrigada,

isabel;)

1:22 da manhã  
Blogger Maria said...

Já tinha passado aqui, de fugida.
Porque esta é a hora em que gosto de ler MGLlansol, sempre fantástica.
Obrigada, Ana.

Beijinho.

1:55 da manhã  
Blogger BlueShell said...

Grata pelas tuas palavras de esperança, meu anjo.Sim, que preciso, que precisameos muito....
Somos um barco, sem vela, um violino sem cordas, uma estrada que percorremos sem sabermos o que está depois da próxima curva.
Um beijo de coração.
BlueShell (Isabel)

3:57 da manhã  
Blogger tecas said...

Maravilhoso poema de serenidade
da Gabriela Llansol. Obrigada querida Ana, por o dar a conhecer.
Belo demais.
Bjito amigo

5:02 da tarde  
Blogger Tod(as) palavras said...

não conhecia a autora, e ao ler cda uma das suas palavras fiquei sem. belo, demais de belo poema. sempre. beijo, Ana.

11:29 da manhã  
Blogger Baby said...

Este comentário foi removido pelo autor.

4:29 da tarde  
Blogger Baby said...

Lindo e sofisticado...mas o arco do violino está lá, chego a ouvir os acordes que dele se desprendem...

Beijos.

4:31 da tarde  
Blogger MIRANTE DO MAR said...

Como já foi escrito:
Maria Gabriela Llansol é um caso ímpar na ficção contemporânea, de jorrante, inesperada e original criatividade.

E é isso que sinto ao ler esse belo texto, ao mesmo tempo que ela descreve, ela o transforma em algo lírico, sensual... que chega até nós carregado de sentimentos, perfumes, gostos... forma tão inconfunível e estranha, tão Llansol.

Confesso conhecer apenas “Lisboaleipzig”, texto difícil, mas com passagens lindas...

“Simultaneamente, a ausência de dor cresce, mas é como um enleamento de alegria num lugar sombrio e húmido. O meu próprio corpo que, na impotência, se desvanece.“
“Maria Gabriela Llansol”

Obrigado pelas lindas palavras deixadas no Mirante

Beijo Carinhoso!

4:45 da tarde  
Blogger BlueShell said...

Vim deixar os votos de um bom Dia!
a espera continua. cada vez que toca o telefone pensamos que já édo I.P.O. a chamar para a crurgia....
Nada até agora. mas a ansiedade intensifica-se e os nervos andam à "flor da pele". tenho medo.

7:26 da manhã  
Blogger . intemporal . said...

.

.

. 100 palavras para gabriela .

. de es.panto . de en.canto .

. re.canto .

. des.pranto de um verbo mayor .

.

. um beijo meu .

.

.

7:54 da tarde  
Blogger A.S. said...

Ana,

Um delicioso texto onde as palavras são uma melodia que nos leva do lirismo à sensualidade, sempre colhidos de surpresa pela exactidão das palavras...

Um terno beijo!
AL

1:49 da tarde  
Blogger Marivan said...

passei por aqui e deixo um grande abraço, parabenizo pelo lindo e informativo blog,
2011 de sucesso!!!!

9:18 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home