domingo, março 27, 2011

Vê como a boca é triste

Por erro meu, ou avaria no Blogger, o poema anterior não ficou com o aspecto gráfico original. Não quero apagá-lo, visto já ter comentários que não quero perder. Tentarei corrigir, quando a anomalia estiver resolvida. As minhas desculpas à autora do poema e a quem o lê.
Ana

.

....................................

Os meus agradecimentos ao autor do blog  De proposito, que amavelmente me sugeriu a maneira de corrigir o aspecto gráfico do post anterior. Obrigada, Manuel ! Que seria de nós sem os amigos ?
Ana

3 Comments:

Blogger Cata- Vento said...

Tentei fazer o que te disse mas não resultou. Não costuma de facto acontecer. Deve ser erro do blogger.

Beijinhosssss

10:06 da manhã  
Blogger tecas said...

Querida Ana,errar é humano! O sentido e a essência do poema está lá.Deu para entender ser um belíssimo poema.
Bjito e uma flor.

2:45 da tarde  
Blogger ADiniz said...

Boa tarde Ana

Bem errar é humano sim, mas já percebo que as maquinas estão ficando humanas, pois sei que este não foi seu o erro, então tranqüilize, pois aqui se sabe bem a qualidade que há na Encosta do Mar e falo de coração, pois muito já comentei a varias outros parceiros o quanto aqui fui acrescido de grandes poetas que não conhecia, causando-me fome por conhecê-los mais profundamente, e por essa razão é que pensei em vc ao receber da querida Manuela Freitas o Kreativ Blogger.
Querendo é só ir buscá-lo.
Bjinhos e um belo final de semana a vc em SolMaior.

5:32 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home