sexta-feira, junho 17, 2005

Esquece-te de mim, Amor


Foto de Ines FS aqui


Esquece-te de mim, Amor,
das delícias que vivemos
na penumbra daquela casa.
Esquece-te.
Faz por esquecer
o momento em que chegámos,
assim como eu esqueço
que partiste,
mal chegámos,
para te esqueceres de mim,
esquecido já
de alguma vez termos chegado.


António Mega Ferreira

13 Comments:

Anonymous Storm Of Emotions said...

Pq é tão difícil ver nosso amor partir?
(partindo-se)tudo em mim!
Bjs

3:45 da tarde  
Anonymous Maria do Céu said...

Em primeiro lugar bem haja pelo seu blog, gostei do que aqui encontrei. E reparo que tem bom gosto na seleção da POESIA. Esta é a primeira visita que faço aqui, mas certamente irei regressar.

6:35 da tarde  
Blogger Pharaoh said...

excelente poema este, complexidades da alma humana em busca dos encontros felizes da chegada partilhada,,, muito bonito sem duvida,,,, aproveito também por agradecer e manifestar o meu apreço pelos escritos aqui colocados, desde já os meus parabéns pelas escolhas feitas e pelos originais que tive opurtunidade de ler nesta minha visita,,,gostaria se me fosse permitido de aqui voltar, pois há um mundo de encantos por descobrir tanto na escrita como nas fotos que a acompanham,,,, obrigada pelo blog, quem gosta de ler, realmente agradece,,,* beijinhos

4:41 da manhã  
Blogger Heloisa B.P said...

Nao sei se concorde com o POETA!_sera' para esquecer ou nao!???...
_Umas vezes SIM, outras vezes, NAO!!!!!
_DE SI*, AMIGA MINHA, DE CERTEZA, "CERTA", que nao me ESQUECO!!!!!!
_BEIJINHO!!!!!!!
A Foto, tambem e' linda!
_Alias, nao ha' nisso, nenhuma novidade!
Sua, Heloisa.
***********************

8:18 da tarde  
Blogger AS said...

Tantas vezes por tanto querermos esquecer, mais nos lembramos...

Um beijo e bom fim de semana

9:36 da tarde  
Blogger Heloisa B.P said...

BEIJINHO, AMIGA DO MEU CORACAO!!!!!!!
E... *GAIVOTAS BRANCAS NO SEU CEU, SOBRE ESSE MAR_ESSA ENCOSTA_!!!!!
_TUDO DE BOM!
_NEM TEM IDEIA, QUERIDA AMIGA, DO BEM QUE ME FAZ!!!!!!!!!!
Heloisa.
***************************

9:19 da tarde  
Blogger Daniel Aladiah said...

Querida Ana
O Mega é dos meus...
Um beijo
Daniel

9:51 da tarde  
Blogger IcarusInFlight said...

Beautiful images - Icarus :-)

http://gentleupstart.blogspot.com/
http://y2u.co.uk

10:37 da tarde  
Blogger TMara said...

+ uma vez se vê como o poeta é um fingidor...as frases k falam de esquecimento recordam o amor impedindo k se esquça. Bj grande

6:01 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Por que será que conjugo tão bem verbos como o "amar"... "esperar"... "perdoar", relativamente ao ser por quem meu coração, qual carrilhão, dobra...?!?
Por que será que, relativamente a esse ser, não consigo conjugar este verbo "esquecer", na primeira pessoa dos seus diversos tempos?!?
Porque será... Ana?!?
Será que estou a pedir esclarecimento à pessoa certa para o fazer...?!?
Beijo-te!
Mana.

10:49 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Deixo um beijo pra ti.

Pedro Camargos.

11:21 da tarde  
Blogger bin_tex said...

Olá Ana!

Olha passa na mega, gostava de ouvir a tua sugestão lá. Aparece,

Bin

12:19 da manhã  
Blogger lique said...

Não conheço muito da poesia de Mega Ferreira mas gostei particularmente deste poema. Desencontro de amor, lembrança a fingir esquecimento. Muito bom. Beijinhos, Ana.

12:22 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home