sábado, abril 09, 2011

A árvore do silêncio

Foto de Ingo Dumreicher



Se a nossa voz crescesse, onde era a árvore?
Em que pontas, a corola do silêncio?
Coração já cansado, és a raiz;
Uma ave te passe a outro país.

Coisas da terra são palavra:
Semeia o que calou.
Não faz sentido quem lavra
Se não colhe o que amou.

Assim, sílaba e folha, porque não
Num só ramo levá-las
Com a graça e o redondo de uma mão?

( Tu não te calas? Tu não te calas?!)



Vitorino Nemésio
(in Canto de Véspera)

10 Comments:

Blogger tecas said...

Querida Ana, excelente escolha!
Poemas do Vitorino, são joias de raro valor.
Este então...
Tem tudo a ver connosco.Somos árvores, muitas vezes silenciadas.
Bjito e uma flor.

4:04 da manhã  
Blogger hfm said...

Fieste-me pensar que tenho de reler a poesia de Nemésio. Belíssimo!

8:05 da manhã  
Blogger Cata- Vento said...

Uma imagem linda apesar da bruma que parece envolvê-la e um poema a condizer. Tantas saudades de Vitorino Nemésio!Que conversas tão saudáveis, que prazer escutá-lo e lê-lo. Belo poema!

Beijinhos

Bem-hajas!

9:09 da manhã  
Blogger BlueShell said...

foi bom reler e meditar...
Um beijo amigo
BShell

10:03 da manhã  
Blogger A.S. said...

Querida Ana,

A nossa voz cresce sempre, estende seus ramos, aprofunda as raízes como as árvores! Por isso resiste sempre à violência dos temporais.
Posso nidificar na tua voz!!!


Beijos,
AL

4:28 da tarde  
Blogger Daniel Aladiah said...

Querida Ana
E eu ouvia o homem... ele não se calava, e eu ouvia o homem...
Um beijo
Daniel

6:49 da tarde  
Blogger tulipa said...

Olá, amiga, como estás?

Nos meus 2 blogues fiz festa de aniversário e convidei todos os amigos para estarem comigo, ao menos, nesse dia...
Foste ao Facebook e estiveste comigo de uma outra forma, mas gostaria que tivesses ido ver as festas que organizei nos blogues.
Ainda estás a tempo!

Mas os dias voam e já estamos na Páscoa, por isso, hoje passei simplesmente para desejar BOA PÁSCOA!

Bjs

10:46 da manhã  
Blogger tecas said...

Olá, querida Ana!
Passei para desejar-lhe uma Feliz Páscoa.
Bjito e uma flor

5:18 da tarde  
Blogger Samuel Prado said...

a poesia de Nemésio...uma joia rara...

Samuel

10:14 da manhã  
Blogger Parapeito said...

Bom encontrar aqui Nemésio: um ilhéu do mundo!
Se bem me lembro...
Era bom que mtas vezes fosse o silêncio a dizer o mais precioso.
brisas mansas*

6:05 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home